Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Parintins – Ao contrário do que fizeram Amazonino Mendes, Eduardo Braga e Omar Aziz que declaravam-se apaixonados pelo Festival de Parintins, quando estiveram no comando do Estado, o governador José Melo deu sinais claros de que seguirá caminhos diferentes. Segundo fontes do blog deAmazônia o governador teria declarado a representantes de Parintins, que estiveram em audiência com ele, em Manaus, que não iria fazer investimentos no Festival Folclórico como fizeram seus antecessores. “Não vou gastar R$ 50 milhões no Festival como fez o Omar”, teria falado Melo.

E o governador vem cumprindo o que prometera. O montante de investimentos que Omar anunciou, em dezembro de 2013, no valor R$ 200 milhões para Parintins foi reduzido ao extremo pelo professor Melo para R$ 15 milhões. O recapeamento das ruas que estão esburacadas e danificadas pelas águas da enchente do Rio vai virar agora operação tapa-buraco. Com atraso, o serviço deve começar ainda esta semana, informou uma fonte do Estado ao blog. Um retardo que demonstra pouco interesse pela festa.

O presidente do boi Garantido Telo Pinto e o presidente do boi Caprichoso, Joilto Azêdo, também levaram uma cancera do governador. Embora, os dirigentes não confirmem a informação, mas fontes do blog deAmazônia disseram que a demora para o repasse de recursos do Estado para as agremiações folclóricas causou atraso nos trabalhos e no pagamento de artistas e fornecedores.

Telo e Joilto já fizeram várias viagens a Manaus para conseguir a liberação dos recursos, o que deve ocorrer, depois de muitas idas e vindas, somente esta semana. E olha que estamos às portas do festival. A contar de hoje vão faltar 17 dias para a disputa de Garantido e Caprichoso.

Desde quando assumiu o comando do Estado, no dia 04 de abril, com a renuncia de Omar, que o governador José Melo não apareceu por estas bandas de solo tupinambarano.

Logo que tomou posse o governador já esteve pessoalmente em Barreirinha e a Boa Vista do Ramos. Para Parintins, no lugar dele, Melo escalou uma comitiva comanda pelo seu irmão, Evandro Melo, secretário de Governo, o deputado estadual Sidney Leite, líder do governo na ALEAM e o secretário da Sepror, o parintinense Valdenor Cardoso Bolacha, que visitaram a Ilha Tupinambarana, no sábado, quando trataram sobre o inicio dos serviços de melhorias das ruas com o prefeito Alexandre da Carbrás.

Deamazonia


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •