Prefeito Adenilson Reis (no detalhe), de Nova Olinda do Norte (Montagem Fato Amazônico)
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O juiz Lincoln Rossi da Silva Viguin, do TRF1 – recepcionou denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF) contra o prefeito de Nova Olinda do Norte, Adenilson Lima Reis (MDB), por prática de improbidade administrativa,

De acordo com o MPF, a prefeitura de Nova Olinda foi beneficiada, no ano de 2010, com R$ 615.780,00, para compra de veículo escolar, previsto no Programa Caminho da Escola.

Ainda de acordo com o MPF, Adnilson Lima Reis foi notificado por omissão na data de 27 de agosto de 2013, por não ter comprovado a aplicação dos recursos.

O prefeito do município, entretanto, não ignorou a notificação ( Ofício n° 513E/2013-SEAPC/COAPC/CGCAP/DIFIN/FNDE), reiterada no dia 24 de setembro de 2015, concedendo prazo adicional de 30 dias para apresentação das contas.

De nada adiantou. Admilson Lima torceu o nariz e deixou o barco correr ao sabor de suas conveniências.

Esgotado todos os prazos para apresentação da prestação de contas, o prefeito do município tem 15 dias para apresentar contestação e dizer quais as provas que pretendem produzir.

Confira Decisão

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •