Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

METRÓPOLES – O Vasco não poderá usar os R$ 14,6 milhões que ganharia por ter ficado em 12º lugar no Campeonato Brasileiro 2019. Ao menos por enquanto. Isso porque a Justiça bloqueou a premiação devido à dívida com a União.

A decisão da juíza Fernanda Duarte Lopes Lucas da Silva destaca a falta de garantia do clube para quitar o débito que chega a R$ 22.266.526,30, conforme informações do Globoboesporte.com.

De acordo com o processo ao qual o site teve acesso, o Vasco pagou apenas uma das 60 parcelas de R$ 370 mil, negociadas com a Justiça em 2018.

Além disso, o cruz-maltino também não paga as parcelas do Profut – programa de modernização da gestão e de responsabilidade fiscal do futebol brasileiro que permite o parcelamento das dívidas – desde fevereiro de 2019. A dívida também foi usada como argumento para o bloqueio da premiação.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •