O ex-governador José Melo e sua esposa, Edilene Gomes
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Federal Criminal da SJAM, acatou, parcialmente, nesta sexta-feira 14, o pedido de Edilene Gonçalves de Oliveira, ex-primeira dama do estado, de devolução de bens pertencente a ela, apreendidos por ocasião da Operação “Estado de Emergência”.

Entre os objetos restituído à ex-primeira dama estão 2 celulares, iPhone, agenda, 2 Notebook, 1 bolsa, pasta, Receptor de CFTV, Ipad, 01 Tablet, entre outros.

A juíza Ana Paulo Serizawa Silva Podeworny, entretanto, por entender de relevância para as investigações, decidiu pela permanência na Polícia Federal seis itens não revelados na sua decisão.

“Em relação a este itens (2, 5, 7, 10, 18 e 21), determino a intimação da Polícia Federal, para que promova as análises pertinentes e as encaminhe ao MPF no prazo de 60 dias”, escreveu a juíza federal.

A autoridade policial (documento 154807366), informou quais bens foram periciados, sobre quais persiste interesse na manutenção, assim como pleiteou o perdimento dos bens informáticos para uso nas atividades da Policia Federal.

Decisão

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •