MICHAEL MELO/METRÓPOLES
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A força-tarefa Lava Jato do Ministério Público Federal (MPF) no Paraná ofereceu, nesta segunda-feira (14/9), uma denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci e o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto. Eles são acusados de cometer o crime de lavagem de dinheiro. Com informações de Metrópoles.

Segundo a denúncia, os atos ilícitos ocorreram por meio de doações para dissimular o repasse de R$ 4 milhões durante o período de dezembro de 2013 a março de 2014. Os valores teriam sido repassados mediante quatro operações realizadas pelo Grupo Odebrecht em favor do Instituto Lula, cada uma no valor de R$ 1 milhão.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •