Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Dono de uma extensa lista de serviços prestados à população do Amazonas, como defensor público, dirigente de órgãos estatais e vereador de Manaus, o advogado e empresário Leonel Feitoza se lança agora em novo desafio, comandar a prefeitura de Iranduba, cidade da Região Metropolitana de Manaus, separada da capital apenas pela ponte sobre o Rio Negro Jornalista Phillipe Daou.

Leonel é um dos nomes do Partido da Mobilização Nacional (PMN) que vai disputar cargo majoritário nas eleições deste ano, no estado do Amazonas. O lançamento da pré-candidatura será nesta segunda-feira (31/8) às 10h, no condomínio Exclusive Park Residence, Km 1, da rodovia Carlos Braga (estrada de Iranduba).

Um micro-ônibus estará à disposição dos jornalistas que necessitarem de transporte. O veículo saíra as 09h30 do ponto de encontro na Ilha Gelada, na Av. Cel. Cyrillo Neves, 328, Compensa, e retornará logo após o encerramento da coletiva.

Sobre Leonel

Manauara, nascido no hospital Santa Casa de Misericórdia em 24 de junho de 1959, João Leonel de Britto Feitoza, é filho de família tradicional do Amazonas. O pai, o desembargador Paulo dos Anjos Feitoza, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) e do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), falecido em 16 de novembro de 2017, e a mãe, a professora Maria do Carmo de Brito Feitoza, também já falecida.

Por conta da condição de juiz de direito do pai, Leonel Feitoza passou boa parte da infância entre o bairro Nossa Senhora de Aparecida e a cidade de Maués, para a qual seu pai foi transferido e sua mãe passou a dirigir o Grupo Escolar Santina Filizola.

Leonel Feitoza estudou o curso elementar num dos mais antigos e tradicionais grupos escolares de Manaus, o Cônego Azevedo e depois para o colégio Dom Bosco. Ávido de maiores conhecimentos viajou aos Estados Unidos, matriculando-se na High School, de Los Ângeles, onde fez o curso de inglês e concluiu o colegial. De volta ao Brasil, cursou Direito, na Universidade Federal do Amazonas, passou no concurso para Defensoria Pública do Estado do Amazonas, onde se aposentou em 2018.

Em 1986 exerceu o cargo de Diretor Financeiro do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Amazonas (IPASEA). Em 1988, foi eleito vereador de Manaus pela primeira vez. Permaneceu na Câmara Municipal de Manaus por seis mandatos consecutivos, dois deles na condição de presidente do Legislativo Municipal. Ele acompanhou as gestões dos prefeitos Arthur Neto, Amazonino Mendes, Eduardo Braga, Alfredo Nascimento, Luiz Carijó e Serafim Corrêa.

Leonel Feitoza é, até hoje, o vereador com maior número de mandatos seguidos na Câmara Municipal de Manaus, ficando até 2012. Ao logo dos 24 anos em que atuou na Câmara Municipal de Manaus, o vereador Leonel Feitoza apresentou vários projetos de lei como o que cria o programa municipal para exames de DNA, outro que disciplina a aplicação de 30% do Imposto Predial, Territorial Urbano (IPTU) no bairro onde o mesmo é arrecado, além de projeto que obriga prédios e locais públicos a terem rampas de acesso a deficientes.

Também é dele a lei que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas em lojas de conveniência.
Em 2013 assumiu como diretor presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM) a convite do governador Omar Aziz, onde ficou até outubro de 2017. A frente da pasta, Leonel foi responsável por diversos projetos implementados que melhoraram a vida da população, como agendamento de serviços o que agilizou o atendimento e deu maior comodidade, parcerias entre a Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos que utilizavam os painéis luminosos para divulgar dados de veículos roubados e furtados em Manaus, a adoção de talão eletrônico de multas o que agilizou e deu mais transparência do processo de autuações de condutores, entre outros.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •