Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Gazeta Esportiva – De volta ao G4 do Campeonato Brasileiro, o São Paulo agora terá a difícil tarefa de se manter entre os quatro primeiros colocados até o final da competição. Neste domingo, o time comandado por Fernando Diniz recebe o Atlético-MG, no Morumbi, e Liziero, que tem grandes chances de ser titular, projetou o encontro do elenco com Vagner Mancini, novo treinador do Galo.

“Vai ser um jogo difícil. O Atlético-MG tem uma grande equipe, mas temos que nos impor dentro de casa. Quem quer se manter no G4, tem que ganhar os três pontos. Vamos respeitar o Atlético-MG pelos jogadores que tem, pela história do clube, mas a gente vai jogar para vencer, como sempre entramos”, afirmou Liziero à Gazeta Esportiva.

De fato, o São Paulo vem se impondo dentro de casa. Desde que Fernando Diniz desembarcou no Morumbi, sua equipe não perdeu nenhum jogo como mandante, vencendo Fortaleza, Corinthians e Avaí diante de seus torcedores. Para seguir crescendo na competição, o elenco aproveita essa semana cheia para aperfeiçoar o que é pedido pelo novo treinador, que tem a repetição nos treinamentos como trunfo para o sucesso.

“Cada um tem seu estilo de jogo. O Fernando Diniz gosta muito de ter a bola, de envolver o adversário com a posse de bola. Então, o que a gente treina aqui incansavelmente, passe, movimentação, tem que estar sempre melhor que o adversário. Isso a gente treina bastante”, prosseguiu.

Já em relação à média do São Paulo de apenas um gol por jogo neste Campeonato Brasileiro, Liziero minimizou qualquer tipo de dor de cabeça causada pelo assunto. Embora a escassez de gols exista e incomode, ao menos a equipe está conseguindo assegurar momentaneamente seu principal objetivo na temporada: a classificação direta à fase de grupos da Libertadores.

“Isso é relativo. Se for ver os jogadores que a gente tem no ataque, é muita qualidade. Então, a gente vem trabalhando, estamos tendo bastante volume nos jogos. Às vezes está faltando o principal, que é fazer o gol, mas se a gente ficar pensando muito nisso, acaba atrapalhando. Temos que estar leves, continuar criando. Quando sair um gol, vão sair outros naturalmente”, concluiu.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •