Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Ele é reincidente neste tipo de agressão e, com o gancho estipulado pela entidade, não poderá mais atuar na Copa do Mundo – a suspensão vale a partir deste sábado, quando o Uruguai encara a Colômbia. Além disso, ele pagará multa e terá de cumprir quatro meses afastado de qualquer atividade no futebol, incluindo partidas com o seu clube, o Liverpool.

"Tal comportamento não pode ser tolerado em um campo de futebol, particularmente em uma Copa do Mundo, onde milhões de olhos estão voltados às estrelas em campo", explicou a Fifa, em comunicado.

"Luis Suárez foi considerado culpado por quebrar a regra estipulada no artigo 48 parágrafo 1 do código disciplinar da Fifa, e o artigo 57. Ele está suspenso por nove partidas. A primeira partida da suspensão será servida no próximo jogo da Copa do Mundo entre Uruguai e Colômbia", acrescenta o comunicado, citando que este número serve para jogos de seleção.
"Há ainda uma punição de quatro meses de todo o futebol, de acordo com o artigo 22 do código disciplinar da Fifa. Além de uma multa de 100 mil francos suíços". O valor equivale a quase R$ 250 mil.

A polêmica com Suárez aconteceu durante disputa de bola na área com Chiellini, no segundo tempo de jogo entre Uruguai e Itália, na Arena das Dunas, em Natal. Eles se estranharam, e a imagem do sul-americano encostando sua cabeça na do rival gerou a acusação de que ele teria mordido o ombro de Chiellini – que reforçou a acusação mostrando uma marca no local.

O árbitro não viu o lance, e a Fifa teve de abrir uma investigação, colhendo imagens e versões dos envolvidos para decidir ou não por uma punição retroativa. O fato de Suárez já ter um histórico de mordidas pesou: ele agrediu a dentadas um rival do PSV quando atuava no Ajax, em 2010, e em 2013 repetiu o gesto em jogo do Liverpool contra Branislav Ivanovic, do Chelsea. Em ambos os casos ele foi suspenso, sendo que na reincidência o gancho foi de dez jogos.

A repercussão em torno do incidente foi imediata, tanto no humor quanto nas consequências que Suárez pode enfrentar fora de campo. Se os memes bombaram por parte dos torcedores, patrocinadores não gostaram nada do que viram. A Adidas e a empresa de pôquer 888 anunciaram que estão analisando o caso e que, depois da decisão da Fifa, decidirão se vão tomar medidas punitivas contra seu patrocinado.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •