Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Inaugurado no dia 23 de outubro do ano passado, o Mercado Municipal Adolpho Lisboa, na rua dos Barés, no Centro de Manaus, foi entregue a população amazonense depois de uma reforma quase interminável, que levou 7 anos, os portões do mercadão, como alguns chamam foram reabertos, mas passado cinco meses já podemos notar os descaso do poder público para pequenos detalhes da obra, mas que chamam a atenção da população.

As luminárias externas, da parte de traz do mercado (ver fotos), estão a cada dia que passa, mais cheias de água e acumulando larvas de todas as espécies, causando ainda a queima das lâmpadas.

O secretário Municipal do Centro, Rafael Assayag, que na inauguração do mercado ano passado disse que a secretaria iria fazer a história de Manaus ressurgir a partir do seu centro antigo, deve começar a olhar os pequenos detalhes que passam desapercebidos nas obras como a do Adolpho Lisboa.

“Tá muito bonito, mas essas luminárias deveriam ser limpas”, disse o vigilante Michel Santos, afirmando que caso a prefeitura não faça logo a limpeza das luminárias elas encherão tanto de água que transbordarão.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •