Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A pesquisa on-line “Fala Servidor”, lançada pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam), já contou com a participação de 1.280 profissionais, tanto da capital quanto do interior, até esta segunda-feira (17/08). O questionário faz parte das ações de reestruturação da secretaria e teve o prazo de resposta foi prorrogado até o dia 21 de agosto.

Os servidores que participarem podem opinar sobre aspectos como gestão, infraestrutura e qualificação pessoal dentro do que é oferecido pela secretaria de Saúde e, assim, contribuir para o aprimoramento dessas questões.

De acordo com o secretário interino de Saúde, Marcellus Campêlo, o resultado do formulário vai nortear as ações para o novo programa Saúde Amazonas. “Os servidores poderão, de forma rápida, em cinco minutos, responder perguntas sobre diversos assuntos”, disse.

O formulário foi elaborado pelo Departamento de Gestão de Recursos Humanos (DGRH) e pela Assessoria de Comunicação (Ascom) da Susam, sendo preservadas a identidade e as respostas dos entrevistados. Dos 1.280 servidores que realizaram a pesquisa, 76,2% eram capital e 23,8% do interior.

Segundo o gerente de Desenvolvimento de Recursos Humanos (GDRH) da Susam, Davi Cunha, a identificação somente distingue aqueles que não são servidores e, porventura, respondam o formulário.

“A partir do ponto de vista do servidor, que cotidianamente exerce suas funções, essa pesquisa contribuirá para que a gestão estadual da saúde no Amazonas tenha um panorama de sua estrutura e, assim, consiga estabelecer ações que objetivem sua melhoria”, afirmou.

A equipe da Ascom da Susam destaca que respostas duplicadas ou com números do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) inválidos não serão consideradas e ressalta a importância em responder ao questionário.

“É um momento importante para os servidores de todo o Estado, uma chance de manifestar sua opinião sobre vários aspectos de sua vida como trabalhador da saúde”, enfatizou o agente administrativo, Rômulo Porto.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •