Foto: Marinho Ramos
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Nos dois dias de atendimento da 2ª edição do Mutirão de Conciliação e Renegociação de Dívidas de 2019, na sede do Procon Manaus, bairro Praça 14 de Janeiro, zona Sul, mais de 3 mil consumidores foram atendidos, conforme informações da Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor e Ouvidoria (Semdec), organizadora do mutirão, que encerrou nesta quinta-feira, 12/9.

Foram dois dias de conciliações e renegociações de dívidas com as empresas Águas de Manaus, Amazonas Energia e Claro/Net. “Em média, a cada dez pessoas, oito conseguiram fazer um acordo com as concessionárias. Isso é uma oportunidade quase única para a população sair do endividamento com condições especiais de negociação”, informou o secretário-interinoda Semdec, Rodrigo Guedes.

O mutirão fez parte de uma série de ações do Procon Manaus, em alusão ao 29º aniversário do Código de Defesa do Consumidor e a campanha para combater o superendividamento do consumidor. Segundo dados do Instituto de Defesa do Consumidor (Idec), 15% da população brasileira não consegue pagar suas dívidas, cerca de 30 milhões de pessoas. Conforme o SPC Brasil, em 2018, 62,6 milhões de CPFs foram negativados.

“Foi uma enorme satisfação ver pessoas que tinham débitos de até 20 anos fazendo acordos com as concessionárias. Dívidas que chegavam perto de R$ 70 mil, e que finalmente serão pagas pelos consumidores. É uma satisfação pessoal para eles e também para nós da secretaria”, avaliou Guedes.

O aposentado Fábio Silva, 65, foi ao mutirão para renegociar uma dívida com a Águas de Manaus e saiu satisfeito. “Eu tinha um valor alto e consegui um bom abatimento na minha dívida. Ainda bem que resolvi essa situação, que estava me deixando sem dormir”, disse.

“Nossos colaboradores deram o máximo para atender a população. Disponibilizamos uma estrutura extra com água, café, Wi-Fi e climatização. Temos certeza que cumprimos a determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto, de atender com carinho e respeito toda a população durante o mutirão”, enfatizou o secretário.

Após o mutirão, o Procon Manaus vai continuar recebendo as reclamações e denúncias dos consumidores referentes a qualquer empresa que desrespeite o Código de Defesa do Consumidor (CDC).

A sede do Procon Manaus fica localizada na rua Afonso Pena, 38, bairro Praça 14 de Janeiro. O atendimento funciona de segunda a sexta-feira, de 8h às 14h. O mesmo horário do atendimento pelo telefone 0800-092-0111 e pelo WhatsApp (92) 98842-3030.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •