Curso de capacitação para manuseio de alimentos. Fotos: Leonardo Leão/Manauscult
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os comerciantes que atuarão no 63° Festival Folclórico do Amazonas participaram nesta quinta-feira, 1º/8, de uma capacitação sobre ‘Boas Práticas na Manipulação e Venda de Alimentos’. A instrução foi promovida por representantes da Vigilância Sanitária da Prefeitura de Manaus (Visa Manaus), no auditório da Casa Militar, na rua avenida Padre Agostinho Caballero Martin, n° 770, bairro Compensa.

A capacitação teve objetivo de repassar orientações sobre os devidos cuidados  durante a comercialização de comidas e bebidas.  Das 9h às 12h, a nutricionista e fiscal de saúde da Visa Manaus, Gizeli Giffoni, apresentou o plano de trabalho do departamento, destacando sobre dicas e cuidados de como garantir a qualidade dos alimentos e bebidas que serão comercializados.

“Devemos preservar a saúde de quem vai consumir o alimento. Para isso, preparamos um ‘checklist’ de orientação que inclui verificar as condições higiênico-sanitárias, constatar se tem utensílios conservados e descartáveis, além de um local de trabalho limpo, organizado, em boas condições e com iluminação adequada. É importante ressaltar para que os manipuladores de alimentos façam sua higiene pessoal e estejam devidamente uniformizados. Já o alimento precisa estar armazenado em local e temperatura indicados”, explicou.

Curso de capacitação para manuseio de alimentos. Fotos: Leonardo Leão/Manauscult

Na ocasião, estiveram presentes aproximadamente 80 participantes, tanto funcionários da empresa ‘Rota dos Chefs’ (vencedora do edital de Feira Gastronômica), quanto comerciantes permissionários que atuarão na parte externa do Anfiteatro do Complexo Turístico da Praia da Ponta Negra, na zona Oeste, onde acontecerá o festival.

Uma das comerciantes presentes, Cristiane da Silva, da ‘Rota dos Chefs’, destacou que participará pela terceira vez do Festival Folclórico do Amazonas vendendo frutas achocolatadas, como uva e morango, além de maçã do amor e milho cozido.

Curso de capacitação para manuseio de alimentos. Fotos: Leonardo Leão/Manauscult

“É muito bom receber essa capacitação, porque sempre acabamos esquecendo de algumas orientações importantes e que são necessárias relembrar. Em geral, somos orientados sobre como lavar os alimentos, a temperatura adequada, higienização pessoal e sobre a iluminação necessária. Eles fazem a vistoria conosco de duas a três vezes durante 0 festival, para verificar se está tudo direitinho”, disse.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •