Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, comunicou ao ministro da Economia, Paulo Guedes, que vai deixar o governo nos próximos dias. Ele pediu demissão há cerca de três semanas e avisou Guedes que sua intenção é trabalhar para a iniciativa privada. As informações são de Metrópoles.

Mansueto, que está à frente do Tesouro desde 2018, já vinha manifestando a intenção de deixar o Tesouro desde o segundo semestre de 2019.

Em dezembro, Guedes chegou a anunciar que indicaria o secretário para comandar o futuro Conselho Fiscal da República, previsto para ser criado após a aprovação de um novo pacto federativo pelo Congresso Nacional, que não avançou no Legislativo.

De acordo com a reportagem, o próprio secretário pediu para deixar o posto nos “próximos dias”, pois terá de cumprir quarentena antes de assumir um cargo na iniciativa privada.

Guedes já estaria analisando dois nomes para substituí-lo na função. A primeira informação sobre a saída de Manuseto foi publicada pela CNN.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •