Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Gazeta Esportiva – O jogador Marcelo, do Real Madrid, está novamente enfrentando problemas com a justiça espanhola. Segundo o jornal El Mundo, o atleta será julgado em março por um crime contra a segurança viária.

No dia 19 de dezembro de 2019, Marcelo foi parado pela polícia perto do Centro de Treinamento do clube merengue por dirigir acima da velocidade permitido no local. Ele estava 134 km/h, enquanto o limite era de 120 km/h.

A questão é que o lateral já estava com sua carteira de motorista caçada por excesso de multas, e não poderia nem dirigir no país. Ele alegou que não tinha ciência desse fato, e se apresentou num tribunal em Madrid, nesta segunda-feira, para reconhecer a infração. Segundo a reportagem, a defesa de Marcelo busca firmar um acordo com o Ministério Público.

Não é a primeira vez que o jogador se envolve em problemas de trânsito, não só na Espanha, mas também no Brasil. Em 2013, ele foi multado em 6 mil euros pela justiça de Madrid por ter sido pego com a carteira suspensa. Já em julho de 2019, enquanto passava férias no Rio de Janeiro, Marcelo foi parado na Lei Seca e se recusou a fazer o teste do bafômetro. Sua carta foi suspensa por um ano e ele pagou uma multa de R$2.934.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •