Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O vereador Marcelo Serafim, em vídeo publicado nesta terça-feira, 12, nas redes sociais, denunciou que 10 pacientes, vítimas de fratura na coluna, aguardam em algum lugar, no Pronto-Socorro João Lúcio, pelos bons serviços daquela unidade de saúde sem qualquer resultado efetivo.

Marcelo Serafim não diz exatamente o tempo de espera que os pacientes estão de “molho” no João Lúcio na expectativa do tratamento. Não diz, também, o motivo de não terem sido submetido à cirurgia.

Insinua, entretanto, que a falta de pagamento dos médicos cirurgiões, que já completa um ano, poderia ser a causa da demora.

Marcelo Serafim não cita nomes, mas comentar que, segundo familiares de pacientes com fratura na coluna, os médicos teriam declarado na Susam que só retomaria as atividades cirúrgicas com o pagamento de seus salários em dia, ou seja, com dinheiro na mão.

“Existem grávidas, idosos, jovens com toda uma vida pela frente nessa situação e nada é feito para resolver o problema. Será que o governo não consegue se sensibilizar com isso? Será que mais uma vez dirão que é notícia falsa e que tudo está dentro da normalidade? Com a palavra a Susam, o Hospital João Lúcio e o Governador Wilson Lima”, indaga.

Veja vídeo e denúncia publicados nas redes sociais


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •