Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Marília Mendonça detona blogueira racista e lamenta morte trágica do menino Miguel, que perdeu a vida após cair do nono andar do prédio em que estava sob cuidados da patroa de sua mãe.

O caso do menino Miguel, que chocou o Brasil na última semana, tem repercutido no país. A criança, que morreu de forma trágica após cair do nono andar de um prédio em Recife, havia sido deixado com a patroa de sua mãe, que foi indiciada por homicídio culposo. A tragédia levou revolta pelo país todo, desencadeando uma série de manifestações e pronunciamentos, inclusive das celebridades brasileiras, que tem se posicionado contra os vários crimes de racismo que estão vindo à tona, como fez Marília Mendonça, que recentemente foi vítima de golpes online. 

Dessa forma, um dos assuntos mais comentados dos últimos dias tem sido os casos de racismo recorrentes e as polêmicas opiniões de algumas pessoas. A cantora sertaneja Marília Mendonça se revoltou contra uma blogueira chama Luisa Nunes, que se posicionou sobre os casos de racismo e declarou que é “normal” que os brancos tenham o instinto de defesa com relação aos negros.

Em uma série de vídeos infelizes, a influenciadora disparou, entre várias outras coisas: “O racismo vai existir enquanto a maior quantidade de crimes for causada pela população negra. (…) É sempre natural, normal e instintivo do ser humano ter um pouco do que a gente chama de racismo”. Revoltada, Marília reagiu os vídeos da blogueira e a detonou: “Que ânsia de vômito! Deus, o senhor pode descer? Não ta fácil digerir! O que seriam ‘trejeitos de uma que parece ser criminosa’, minha senhora? Poderia me explicar?”

Logo depois, a blogueira excluiu os vídeos e se redimiu, acusando os sites e portais de fofoca de terem distorcido suas falas ao cortar os vídeos e publicá-los soltos, e que aquilo não representava seu pensamento completo.

Cantora lamenta morte trágica de Miguel: “Não foi um acidente”

Marília Mendonça lamentou a morte de Miguel Otávio Santana dos Santos, de apenas cinco anos, e compartilhou uma petição que pedia justiça por sua morte: “Não foi um acidente“. A cantora, que há poucos meses deu a luz ao seu primeiro filho, desabafou e mostrou solidariedade à mãe do menino em suas redes sociais:

(Metrópoles)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •