Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

METRÓPOLES – Após perder o primeiro turno do Campeonato Gaúcho para o Caxias no último domingo, o Grêmio iniciou uma semana decisiva na temporada. O Tricolor vem sendo cobrado por torcedores pelas oscilações e já começa sua trajetória na Libertadores 2020 na próxima terça-feira, na Colômbia, contra o América de Cali. Mas antes, no sábado, o time enfrenta o Juventude, às 11h (de Brasília), na Arena, pela primeira rodada do segundo turno do Estadual.

“Tivemos uma conversa com o Renato, cobranças, a gente vive disso. Ele é cobrado, então ele também tem que cobrar de nós jogadores. Deixamos a desejar em alguns jogos do Campeonato Gaúcho. Só temos uma forma de mudar isso, trabalhando. Já começa pelo Juventude. É uma semana importante, logo depois tem a Libertadores. A torcida pode ficar tranquila que nosso grupo é trabalhador, são pais de família e homens de caráter, sábado vamos ter uma postura diferente dentro de campo”, contou Matheus Henrique.

O volante ainda destacou a possibilidade de enfrentar o Inter, maior rival do Grêmio, ainda na fase de grupos do torneio internacional. Se o Colorado vencer o Tolima, os dois times de Porto Alegre se enfrentam pelo Grupo E.

“Eu não tenho escolha. Deixa para que eles façam o jogo deles. Eles têm a decisão deles, a gente já está na fase de grupos. Se for para jogar aqui, vamos jogar. Se for para ir até a Colômbia, também vamos. Deixa, eles que se resolvam, e a gente acompanha. Quem vier, com certeza estaremos preparados”, completou.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •