Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em meio a protestos e críticas de torcedores, o diretor de futebol do Atlético-MG, Alexandre Mattos, comentou sobre as negociações do Galo com Thiago Neves. O dirigente confirmou que o meia de 35 anos esteve próximo de acertar com o clube, mas reconheceu o peso das repercussões negativas e se desculpou.

Nesta terça-feira, Mattos concedeu entrevista à Rádio Itatiaia e explicou que a contratação de Thiago Neves era um pedido de Jorge Sampaoli que se encaixava nas condições financeiras do Galo.

O Thiago era um entendimento técnico do nosso treinador, na questão técnica, dentro daquilo que entende das características de jogo. O nosso treinador identificou uma possibilidade de momento, indicou outros nomes fora da nossa realidade momentânea e fora até da janela, que está fechada”, explicou o diretor.

“O Thiago foi uma oportunidade de mercado, que enquadrava no desejo muito grande do Thiago em vir, enquadrava dentro de uma realidade financeira, com possibilidade pensando até em bonificações, de produção, dentro de um contrato até o final do campeonato, com uma possibilidade (de renovação) caso as coisas estivessem correndo bem”, completou.

A notícia de que Thiago Neves poderia vestir a camisa do Atlético-MG gerou revolta em torcedores, que relembraram as diversas provocações que o jogador fez ao clube enquanto defendia o rival Cruzeiro. A repercussão negativa também se deve ao desempenho do meia nos últimos anos, participando do rebaixamento da Raposa e, em seguida, tendo uma passagem apagada pelo Grêmio.

“Nós queremos buscar o nosso sonho, que é tentar ser campeão brasileiro. Se isso incomodou, eu peço, humildemente, desculpas. Mas o assunto está encerrado. Vamos olhar para frente. Vamos buscar o nosso objetivo juntos. Não adianta, agora, ficar: ‘Vamos fazer isso ou aquilo’. Passou, acabou, não vem, o assunto está encerrado e sacramentado”, apontou Alexandre Mattos sobre as polêmicas.

Por fim, o diretor executivo do Atlético-MG apontou que houve uma preocupação com a integridade física de Thiago Neves, que ao que tudo indica não teria uma boa recepção.

“Mediante a tudo, ao nosso dia a a dia, ao nosso futebol, que está muito perigoso, mediante toda uma repercussão e, principalmente, pensando na segurança de todos, nós simplesmente recuamos, agradecendo o interesse do Thiago em relação ao Atlético, porque a gente entendeu que nós temos objetivos maiores pela frente, e nós queremos paz e tranquilidade para todos os envolvidos, principalmente nossos jogadores”, concluiu. (Gazeta Esportiva)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •