Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O médico pneumologista Enio Pires Studart foi preso na tarde da quinta-feira (30/7), na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro (RJ), após ter ameaçado com uma arma de fogo um paciente.

De acordo com informações do jornal O Dia, o médico, que também é infectologista, sacou o revólver em meio a uma discussão com o paciente durante uma consulta. Enio teria questionado a qualidade de um exame para Covid-19.

O paciente reclamou de ainda estar se sentindo mal, mesmo após dois meses de ser diagnosticado para o novo coronavírus.

Os dois foram levados à delegacia. No carro do médico, policiais encontraram um revólver, uma pistola, soco inglês, duas facas, carregador de pistola e munição. Enio Pires Studart foi autuado pelos crimes de ameaça e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •