Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Todo ano, por ocasião do Dia Mundial do Meio Ambiente, que se comemora no dia 5 de junho, a Escola Municipal Violeta de Matos Areosa, realiza uma atividade pedagógica no Instituto Soka para uma “aula prática” sobre meio o ambiente, a fauna e a flora amazônica. Como esse ano não será possível a realização dessa atividade extraclasse por causa da pandemia de Covid-19 vamos aqui relembrar à visita que aconteceu no ano passado, no ano de 2019.

Em parceria com o Instituto à visita técnica é organizada pela gestora da escola juntamente com os professores de Ciências Naturais e Geografia, como atividade interdisciplinar. Essa atividade é uma clara demonstração de que é preciso cuidar do meio ambiente como se cuida da vida, de forma que os rios não fiquem poluídos e a sociedade humana não se torne numa comunidade de vítimas. Nessa atividade, os alunos aprendem que à responsabilidade socioambiental é um caminho que leva à vida, a ética, enfim, a uma vida feliz e harmoniosa com a natureza.

Mediante parcerias, o Instituto existe para receber alunos, professores, pesquisadores, que gostam de estudar, de conhecer a floresta, os animais, as plantas. Um dos objetivos do Instituto Soka é trabalhar com projetos de desenvolvimento de atividades de popularização do conhecimento científico e da promoção da educação ambiental.

Como assíduo frequentador do lugar, posso garantir que todas as pessoas são sempre muito bem recebidas, além de ser um lugar extraordinário, que favorece à compressão filosófica, a busca do autoconhecimento e a interação com à natureza. O instituto Soka é um exemplo de amor e cuidado com à natureza, um verdadeiro paraíso na Terra!

Dessa forma, a natureza deve ser vista pelos alunos, pelos professores, pais, mães, pelo homem contemporâneo em geral, como parte integrante da vida. Não podemos jogar tudo o que não presta nos rios, igarapés, lagos. Precisamos aprender e ensinar para os nossos, que à natureza só nos faz bem, nos fornece alimento, abrigo, proteção, conhecimento, sabedoria e espiritualidade.

Em questão de educação ambiental, o Instituto Soka apresenta-se como lugar ideal de aprendizagem. De forma prática, à visita começa pela apresentação da “filosofia do instituto” e pela apresentação de “registros arqueológicos” da época da construção do instituto. No local existe o registro da primeira olaria da cidade de Manaus. Em seguida, começa a visita pela fauna e flora da reserva. Enfim, é uma verdadeira viaje pelo meio ambiente natural e pelo conhecimento prático da fauna e da flora amazônica. Vale a pena conferir!

Luís Lemos

Filósofo, professor universitário e palestrante. Autor dos livros: O primeiro olhar – A filosofia em contos amazônicos (2011), O homem religioso – A jornada do ser humano em busca de Deus (2016); Jesus e Ajuricaba na Terra das Amazonas: Histórias do Universo Amazônico (2019). E-mail: [email protected]


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •