Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O médico Antônio Taumaturgo Caldas Coelho, ex-prefeito Urucará, mesmo condenado por improbidade administrativa, com a suspensão de seus direito políticos por oito anos e mais oito pela Lei da Ficha limpa, está em plena campanha eleitoral, como pode ser comprovado em vídeo publicado nas redes sociais.

Taumaturgo Caldas comenta, por exemplo, sobre a viabilidade de seu nome como pré-candidato à prefeitura de Urucará, atestada, segundo ele, por pesquisa de intenção de votos sem, contudo, fazer referência a respeito de sua inelegibilidade eleitoral.

Antônio Taumaturgo Caldas Coelho foi denunciado por Improbidade Administrativa em 2009, Processo n.º 2009.32.00.001975-4,  condenado no dia 04 de novembro de 2010 a suspensão dos seus direitos políticos pelo período de 8 anos. A decisão não cabe mais recurso desde 31 de maio de 2011 na medida que o processo transitou em julgado.

O cumprimento da primeira pena de Taumaturgo, de acordo com a decisão,  começou no dia 4 de novembro de 2010 e terminou no dia 04 de outubro de 2018. Após cumprimento da pena de improbidade, Taumaturgo Caldas inelegível pela Lei da Ficha limpa até 2026.

Perda do cargo no Governo do Estado publicada em junho de 2019 no Diário Oficial do Estado do Amazonas

Entres as diversas condenações consta a proibição de contratar com o poder público por 10 anos, ou seja, até o ano de 2020, conforme decisão da 1ª Vara Federal do Amazonas.

Mas… Bom, não é bem assim.

Taumaturgo Caldas, segundo denúncia, é contratado pela atual Prefeita do Município de Itapiranga, exercendo a função de Médico no Município, além de exerce cargo de médico no Estado do Amazonas e no Hospital de Itapiranga.

Confira o Vídeo


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •