Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Meu avô foi diagnosticado com catarata e ficou assustado. Poderia falar um pouco sobre esse problema? (Paula Araújo – via Instagram)

Olá, cara leitora! A catarata é um achado oftalmológico, em sua grande maioria, diagnosticado na melhor idade: após os 60 anos de idade. Um pouco antes ou um pouco depois dos 60 anos, mas em média é por aí. Existem outras causas menos frequentes, como o trauma, alguns medicamentos e patologias que pode levar ao surgimento da catarata.

Há quem diga que ao chegar na idade dos 100 anos inevitavelmente ela estará presente, dada a sua correlação direta com a senilidade. E lembrando que a catarata congênita também existe e deve ser diagnosticada precocemente, evitando a baixa acuidade visual na infância.

A cirurgia de catarata é o tratamento padrão, apesar de não ser uma urgência oftalmológica deve-se ter o cuidado de não postergar muito o procedimento cirúrgico, pois a catarata poderá progredir e ficar cada vez mais densa, o que dificulta a cirurgia dependendo do nível que ela se encontra.

Alguns pacientes, temerosos com a cirurgia ocular, preferem usar óculos em fases iniciais da catarata; conquanto não seja o tratamento padrão, existem casos que o uso do óculos ainda permite uma boa visão. Esses pacientes devem ser reavaliados com frequência, afim de manter-se o controle da progressão da catarata.

O tratamento ideal é individualizado e cada paciente deve ser analisado minuciosamente. Na dúvida, procure sempre o oftalmologista de sua confiança.

Envie sua dúvida pelo email: [email protected] e me encontre nas redes sociais: @luizreisam

Leia também:

A catarata sempre ocorre em idosos? Dr. Luiz Reis responde


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •