Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Premiada no Concurso Rainha Elisabeth da Bélgica 2018, a jovem mezzo-soprano Eva Zaïcik se apresenta em Manaus com a Amazonas Filarmônica, nesta quinta-feira (31/10), no Teatro Amazonas, às 20h. O concerto, que tem entrada gratuita, terá no repertório obras do compositor francês Hector Berlioz (1803-1869) e faz parte da programação da Série Guaraná XVI, promovida pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, com patrocínio do Guaraná Antarctica. A classificação é para 10 anos.

O maestro Marcelo de Jesus, que vai reger o concerto, explica que a parceria entre Amazonas Filarmônica e o Concurso Rainha Elisabeth continua trazendo a Manaus as revelações do cenário lírico internacional. “Há quase cinco anos, temos esta parceria em que conseguimos que os jovens talentos, vencedores e premiados das edições recentes do concurso, possam se apresentar ao nosso público”, ressalta.

Eva Zaïcik vai cantar “Les nuits d’été (As noites de verão)”, de Hector Berlioz, considerado o compositor romântico que definiu a música sinfônica francesa, de acordo com o maestro Marcelo de Jesus. “Um grande compositor e um dos maiores orquestradores da história da música, sendo uma referência para todos os compositores”.

“Les nuits d’été” é um ciclo de canções de Berlioz para voz e orquestra, baseado nos poemas de Théophile Gautier. “As canções retratam o progresso do amor até a perda e a renovação. Berlioz compôs para piano e depois fez a orquestração. É uma obra muito tocada hoje em dias nos repertórios de orquestras pelo mundo”, declara o maestro.

Em seguida será apresentada “Sinfonia Fantástica”, somente com a Amazonas Filarmônica, uma obra que rompeu com a estrutura clássica sinfônica. Também intitulada de “Episódio da Vida de um Artista”, a obra conta a história de um jovem músico desesperado por conta de um amor não correspondido que se envenena com ópio, tendo visões que compõem as cinco partes da história.

“É uma sinfonia completamente atípica, primeiro pelo fato de fazer o que se chama de música programática, que conta uma história, não no sentido literal, mas no âmbito das sensações. E, em vez de quatro movimentos, usado em grande parte da sinfonia clássica, Berlioz apresenta cinco movimentos, sendo cada um uma visão do artista transformada em música”, destaca Marcelo de Jesus.

A obra é dividida nos movimentos “Devaneios e Paixões”, “Um Baile”, “Uma Cena Campestre”, “Marcha para o Cadafalso” e “Sonho de uma Noite de Sabá”. “Neste último movimento, o artista se encontra em um sabá de feiticeiras e aqui Berlioz coloca gritos, gargalhadas. O tema deste movimento fez parte da trilha sonora do filme ‘O Iluminado’, ficando bastante famosa. Esta obra de Berlioz apresenta muitas inovações, sendo um marco na história da música ocidental”, declara Marcelo de Jesus.

Conversa com os artistas – O concerto desta quinta-feira terá a estreia do projeto “Conversa com os Artistas”, a partir de 18h30, no hall do Teatro Amazonas.

“Nos concertos de quinta-feira teremos agora um bate-papo descontraído com o público antes do espetáculo. Nesta conversa, falamos um pouco sobre a obra que será apresentada, curiosidades da história da música e muito mais, sempre com um maestro ou um músico, ou com o artista convidado”, explica o maestro.

Nesta estreia, o próprio Marcelo de Jesus conversará com o público sobre características da obra “Sinfonia Fantástica”. Para participar, basta chegar ao Teatro no horário indicado. O limite para o grupo no Hall é de 30 pessoas.

Serviço: Série Guaraná XVI – Eva Zaïcik e Amazonas Filarmônica

Data/hora: Quinta-feira (31/10), às 20h

Local: Teatro Amazonas, avenida Eduardo Ribeiro, 659, Centro

Entrada: Gratuita

Classificação: Livre


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •