Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, liberou nesta 6ª feira (4.set.2020) R$ 369,7 milhões para que municípios brasileiros façam o rastreamento dos contatos de pessoas diagnosticadas com a covid-19.

A portaria (íntegra – 620 KB), que libera o recurso, foi publicada no DOU (Diário Oficial da União) desta 6ª feira (04.set.2020).

São 5.570 municípios brasileiros que receberão a verba, que será enviada pelo Fundo Nacional da Saúde. O valor total será dividido de forma proporcional entre as cidades, levando em consideração a população e o potencial de pessoas cadastradas por equipe de Saúde da Família.

Uma tabela anexa (íntegra – 620 KB) à portaria informa a quantia que cada cidade receberá e o número de profissionais que farão o rastreio dos casos em cada município.

O documento informa que cada profissional de saúde convocado por seu município receberá R$ 6.000 para as ações de rastreamento e monitoramento de contatos de casos de covid-19 em outubro, novembro e dezembro de 2020.

Segundo a portaria, o pagamento será realizado em parcela única, em outubro. (Poder 360)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •