Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira, 20, o novo protocolo para uso da cloroquina em pacientes no início do tratamento, diante dos primeiros sintomas. Até então, a pasta recomendava o remédio apenas a doentes internados em estado grave.

Nas novas recomendações, são prescritas doses diárias de 450 mg do medicamento junto com o antibiótico azitromicina. Na recomendação anterior do ministério, as porções diárias chegavam a 900mg, aplicadas em ambiente hospitalar devido ao risco de efeitos colaterais para o sistema cardíaco. O novo protocolo atenta para essa particularidade da cloroquina e recomenda aos médicos que entreguem ao paciente um termo de consentimento para ser assinado.

Por sintomas leves, o ministério listou os sinais clássicos de infecção por Covid-19: febre, dor de cabeça e tosse. Ao sinal de falta de ar e outros sintomas graves, a recomendação é procurar um hospital, segundo o novo protocolo.

De acordo com a nova recomendação, pacientes com sintomas leves devem tomar cloroquina por 14 dias, sendo que no primeiro dia de tratamento a dose deve ser o dobro dos dias sequentes. (veja.com)

Confira Orientações

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Download [404.67 KB]

 


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •