Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Jornal GGN – É destaque na imprensa internacional, neste domingo (29), que o ministro das Finanças Thomas Schaefer, do estado de Hesse, que inclui Frankfurt, foi encontrado morto com sinais de que cometeu suicídio. As autoridades locais afirmam que o motivo foi a crise de coronavírus.

O primeiro-ministro Volker Bouffier disse que Schaefer estava “profundamente preocupado” com o impacto econômico da epidemia. A informação é da agência de notícias AFP. O site Bloomberg também noticiou o caso.

Schaefer, 54 anos, foi encontrado morto próximo a uma ferrovia no sábado. A promotoria de Wiesbaden também acredita que foi suicídio.

“Hesse abriga a capital financeira da Alemanha, Frankfurt, onde grandes credores como Deutsche Bank e Commerzbank têm sua sede. O Banco Central Europeu também está localizado em Frankfurt”, publicou o site The Straits Times.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •