Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ministro Mauro Campbell será empossado nesta terça-feira (1º), a partir das 18h30, como ministro efetivo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Campbell já faz parte do TSE como substituto desde 2018 e, agora, assume a vaga deixada pelo ministro Og Fernandes em razão do término do biênio no final de agosto.

Natural de Manaus, é graduado em Direito pelo Centro Universitário Metodista Bennett (Unibennett) em 1985, foi promotor e procurador de Justiça no estado e ocupou por três vezes o cargo de procurador-geral de Justiça. Ele integra o STJ desde junho de 2008.

Outro que assume no TSE é o ministro Raul Araújo, mas como ministro substituto.

Raul Araújo ocupará a vaga de ministro substituto deixada por Campbell e participará das sessões de julgamento quando houver impossibilidade de outro representante do STJ compor o tribunal em determinadas ocasiões.

Raul Araújo nasceu em Fortaleza (CE) e construiu sua carreira acadêmica na Universidade Federal do Ceará (UFC). Ele é ministro do STJ há dez anos e, antes, atuou como promotor de justiça, procurador do Estado do Ceará e desembargador do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE).

O TSE é formado por, no mínimo, sete ministros. Três são oriundos do Supremo Tribunal Federal (STF), um dos quais é o presidente da Corte. Outros dois ministros são designados pelo STJ, e um deles é escolhido pelo TSE para atuar como corregedor-geral Eleitoral.

Completam o Tribunal dois juristas da classe dos advogados, nomeados pelo presidente da República.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •