Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A vereadora Mirtes Salles (PL) esteve presente na quarta-feira (4/12), acompanhando a discussão, na Câmara dos Deputados, que instalou a comissão especial responsável por debater a proposta de emenda à Constituição (PEC) que permite a prisão após condenação em segunda instância.

Presidida pelo deputado federal Marcelo Ramos (PL/AM), a comissão terá prazo de até 40 sessões para discutir e aprovar um parecer. Após essa fase, o texto segue para o plenário da Câmara, onde precisará ser votado em dois turnos, com o apoio mínimo de 308 dos 513 deputados.

“Aproveito a ocasião para parabenizar o deputado Marcelo Ramos que foi eleito presidente da comissão que está discutindo e avaliando a PEC da prisão em segunda instância com 22 votos a favor e um em branco. A votação foi secreta”, explica a parlamentar.

Mirtes Salles disse ainda que está tendo a oportunidade de ver pessoalmente a forma como o deputado Marcelo Ramos vem presidindo o colegiado, o respeito que ele tem conquistado em Brasília, referindo-se ao posicionamento favorável dos deputados federais acerca da escolha dele para presidir a comissão. “Essa é mais uma vitória para o nosso partido, o PL”, comemorou Mirtes Salles.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •