Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Com a participação de 123 monitores, entre professores e estudantes de educação física da Secretaria Municipal de Educação (Semed), começou nesta quinta-feira, 29, em tempo integral, a Capacitação Presencial dos Monitores da Atividade Esporte da Escola, no auditório da Escola Municipal Vicente de Paula, bairro Japiinlândia, zona Sul. A qualificação dos profissionais vai até esta sexta-feira, 30.

A ação pedagógica é a integração do Ministério da Educação (MEC) com o Programa Mais Educação, desenvolvido pela Semed e Ministério do Esporte (ME) com o Programa Segundo Tempo. A parceria possibilitará a execução do programa diretamente pela escola, não havendo a necessidade de formalização de convênio.

Os monitores do Programa Mais Educação nas unidades de ensino do município, participantes da capacitação do Esporte na Escola, receberam material pedagógico, com livros de quatro volumes, contendo informações gerais, plano de aulas para direcionamento em sala de aula e atividades do programa na escola.

Com a proposta de capacitar os profissionais, oportunizando várias vivências esportivas, não apenas do futebol, mas de outras modalidades, além da prática circense, o coordenador do programa Mais Educação na Semed, Anderson Rodrigues, considera o encontro um momento especial para professores e estudantes de educação física.

“Na realidade, essa é uma oportunidade que as escolas estão tendo em oferecer aos monitores uma capacitação melhor. Temos monitores que são estudantes de universidades. Essa capacitação vai garantir a parte teórica e prática. Em parceria com a Ufam, o Ministério do Esporte e a secretaria, a tendência é que essas atividades se tornem mais ricas, atendendo nossos alunos de forma mais positiva”, comentou.

Professor da Universidade Estadual de Maringá, Cláudio Kravchychyn, que presta consultoria ao Ministério do Esporte, explicou sobre a capacitação do Esporte na Escola, vinculado ao Programa Mais Educação, e os benefícios que os educadores terão para dinamizar suas atividades na escola.

“O Programa Mais Educação, no seu macro campo esporte, passou a contar com a parceria do Ministério do Esporte, que trouxe a proposta pedagógica já aplicada desde 2007, no Programa Segundo Tempo. A proposta está sendo reconstruída e adaptada a realidade das escolas brasileiras, por experiência que tivemos no Segundo Tempo anteriormente”, explicou ao afirmar que a qualificação em Manaus, é o primeiro de 300 cursos que vão acontecer pelo País, além da reavaliação do material pedagógico para melhoria do referido curso.

Com atividade de “Esporte e Lazer”, que reúne 50 alunos do 6º ao 9º ano do Programa Mais Educação, na Escola Municipal Vicente de Paula, a professora de educação física, Luciana Castro, disse que usará as informações para dinamizar o programa.

“A partir de agora, nossas atividades vão melhorar bastante a partir do curso, na quadra e na sala de aula, para não ficar na mesmice. Trabalhamos junto com professores de educação física, que dão apoio tanto em relação ao espaço quanto em material para o alunado”, explicou.

A segunda etapa da Capacitação Presencial dos Monitores da Atividade Esporte da Escola será feita à distância (online), no segundo semestre deste ano.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •