Viatura da Rocam com as marcas dos tiros disparados pelos suspeitos mortos (Foto Divulgação)
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na tarde de sábado (18) os cinco homens mortos em confronto com policiais militares das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) foram identificados por familiares no Instituto Médico Legal (IML).

Na ação com os PMs na noite da última sexta-feira (16) morreram Alberone da Silva Rodrigues, 23 anos; Franc Danilo Pereira da Silva, 29 anos; Marllon Cristian dos Santos Bezerra, 28 anos; Emerson Brasil da Silva, 24 e o menor Derick Silva da Silva, de 15 anos.

Em consulta ao site do Tribunal de Justiça do Amazonas mostra que Alberone da Silva; Franc Danilo; Emerson Brasil da Silva e Marllon Cristian respondiam a processos, os três primeiros por tráfico de drogas e o último por assalto a mão armada.

De acordo com a polícia os mortos eram integrantes da facção criminosa Comando Vermelho (CV) e realizariam um ataque contra à Família do Norte (FDN).

Os cinco, que estavam em veículo modelo Clio, de placas (NOV-4H36), com restrição de roubo, a caminho do beco da Bomba, bairro Colônia Oliveira Machado, Zona Sul de Manaus, quando houve a intervenção dos policiais militares.

Durante a abordagem, de acordo com a polícia eles realizaram diversos disparos contra a viatura da Rocam. Com eles, foram encontradas cinco armas de fogo um revólver Taurus calibre 38; um revólver Rossi calibre 38; uma pistola Taurus PT840; uma pistola Taurus PT 940 e uma pistola Glock 9mm.

Além das armas, a polícia apreendeu ainda 11 munições calibre 38, sendo 5 deflagradas; 15 munições de pistola PT40 e dez munições calibre 9mm.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •