Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Credenciados no Programa de Regionalização do Mobiliário Escolar (Promove), do Governo do Amazonas, gerenciado pela Agência de Desenvolvimento Sustável (ADS), moveleiros do município de Itacoatiara assinaram, na quarta-feira (16/09), contrato para início do fornecimento de móveis escolares para as unidades da rede estadual de ensino. A ação marca o retorno do Programa, realizado em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Desporto, que estava pausado por conta da pandemia de Covid-19.

 Somente neste ano, cerca de 45 movelarias de 19 municípios do Amazonas foram credenciadas e ficaram no aguardo da retomada das atividades para o fornecimento dos móveis escolares. De acordo com o presidente da ADS, Sérgio Litaiff Filho, a ADS e Secretaria de Educação têm trabalhado para fomentar o Promove, inclusive com aumento da verba destinada ao programa.

 “Em 2019 foram destacados R$ 5 milhões e, desse valor, foram executados R$ 4,5 milhões. Estamos trabalhando para que neste ano invistamos 100% do valor no programa, mesmo com a pandemia, pois já temos uma projeção das necessidades da Secretaria de Educação. Foi um ano muito difícil para todos, e aqui na ADS não foi diferente, quando encerramos o edital de credenciamento do Promove as aulas estavam suspensas. Mas agora os moveleiros já vão retomar a produção conforme a demanda da Secretaria de Educação”, explicou.

 O proprietário da marcenaria Moreira Móveis Modulados, Leomar Arevalo Moreira, que participa do programa há cinco anos, fala sobre suas expectativas para o fornecimento de seus produtos. “Estamos muito felizes por esse acontecimento, pois não imaginávamos que iríamos voltar a produzir tão cedo. Mas graças a Deus e ao empenho das pessoas que estão trabalhando na ADS, estamos aqui hoje com as melhores expectativas”, disse.

 Atualmente, Parintins e Manacapuru se destacam como os dois maiores polos com mais movelarias credenciadas no programa. Ao todo, os municípios somam 12 e cinco credenciados, respectivamente. Outros municípios, como Rio Preto da Eva, Itacoatiara, Envira, Manacapuru, Novo Airão, Carauari, Lábrea, Manicoré, Borba, Guajará, Humaitá, Atalaia do Norte, Novo Aripuanã, Barreirinha, Manaus, Eirunepé, Benjamin Constant e Lábrea, também participam do Promove neste ano.

 Credenciamento 2021 – Segundo Littaiff, os moveleiros interessados em fazer parte do programa em 2021 já podem se preparar para o credenciamento.

“A ideia é que a gente abra o edital de credenciamento em outubro deste ano e finalize o prazo de credenciamento até de novembro, para que possamos analisar as documentações até dezembro. Nossa meta é que, a que a partir da primeira quinzena de janeiro de 2021, aconteça a reabertura dos trabalhos e dê início as contratações desses novos credenciados”, antecipou.

 Novidade – Agora, os moveleiros credenciados na ADS também vão poder realizar financiamento por meio do crédito da Agência de Fomento do estado do Amazonas (Afeam). Segundo o presidente da ADS, as tratativas já foram iniciadas.

 “Nossa ideia é iniciar a ação em Parintins ou Manacapuru, que são os dois grandes polos moveleiros que temos atualmente. Em seguida, vamos executar essa ação nos demais municípios”, explicou.

 Para o proprietário da movelaria Macambira, José Alberto Barauna Macambira, que participa do programa há cinco anos, essa ação será mais uma conquista para os produtores. “Essa linha de crédito vai nos ajudar bastante e já vamos chegar no município com essa novidade boa, sabendo que vamos ter mais ajuda do nosso governo. Estou muito feliz”, declarou.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •