Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Gazeta Esportiva – O técnico Jorge Sampaoli tem futuro incerto no comando do Santos Futebol Clube. Após a goleada sobre o Cruzeiro, aplicada na noite de sábado, o argentino confirmou a procura do Racing, mas sublinhou que seu foco está no time praiano, pelo menos até o final do Campeonato Brasileiro.

Interessado em contratar Sampaoli, o ex-jogador Diego Milito fez contato para falar sobre a possibilidade de levá-lo ao Racing. No diálogo com o representante do clube argentino, Sampaoli garante ter deixado claro que sua prioridade no momento é Santos.

“A intenção do Racing é real. Tenho boa relação com Milito, mas é algo geral. Expliquei sobre o foco até 8 de dezembro, quero fazer mais pontos, fazer história”, afirmou, citando a data do fim do Brasileiro. “Não quero ouvir outra possibilidade. Se analisasse outra equipe para 2020, faltaria respeito ao Santos. E nunca faria”, disse.

Durante a entrevista coletiva na Vila Belmiro, Sampaoli foi questionado mais de uma vez sobre sua situação no Santos. O treinador deixou o próprio futuro em aberto, mas contou desconhecer em detalhes o planejamento do clube para a próxima temporada.

“Não sei o plano para 2020. Pelo que conversei com Autuori, era dificultoso. Precisaria vender mais do que adquirir, diminuir o orçamento. Desconheço a realidade, mas, pelo que conversei, a situação era desanimadora para uma equipe que precisa de mais para brigar por títulos”, afirmou.

Com 68 pontos ganhos, o Santos dorme na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, uma vez que supera o Palmeiras pelo número de vitórias. O time alviverde ainda pega o Grêmio às 16 horas (de Brasília) deste domingo, no Allianz Parque. Pela 35ª rodada, a equipe de Sampaoli enfrenta o Fortaleza às 20 horas de quinta-feira, no Castelão.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •