Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O boi Garantido na sua segunda apresentação durante a 49ª edição do Festival de Parintins entrou no bumbódromo com o apresentador Israel Paulain cantando e seguido pela Batucada levando a galera vermelha e branca na arquibancada e camarotes ao delírio. A animação já estava garantida desde antes do evento começar.

"Sou filho da fé, sou filho da tradição, sou filho da terra onde a arte imita a vida", foi dessa maneira que Israel Paulain deu início à apresentação do vermelho e branco.

Depois de Israel, o primeiro item a chegar à Arena foi o levantador de toadas Sebastião Júnior, que cantou a toada Força Encarnada. A primeira alegoria, intitulada “Sou Parintins”- concepção de Jonathan Marinho – servia como uma homenagem a Ilha Tupinambarana.

Caprichoso quase estoura o tempo

O Caprichoso encerrou a segunda noite de apresentações do 49º Festival Folclórico de Parintins na madrugada deste domingo com o sub-tema "Aldeia Xamânica".

Mas a apresentação, que começou bem, precisou ser encerrada abruptamente para que o Caprichoso não estourasse o tempo permitido e o deixou a arena faltando 29 segundos para o tempo esgotar.

O Levantador de Toadas David Assayag emocionou a galera azul e branca ao interpretar "Sensibilidade", de Adriano Aguiar. Da arquibancada os torcedores demonstraram o amor pelo Caprichoso.

O novo amo do boi Júnior Paulain, que estreia esse ano resolveu cutucar Tony Medeiros, do Garantido. "Se quer falar do meu boi vai ter que se preparar. Até criar um versador sem esquecer de rimar. Escuta amo contrário tu, já perdestes a linha. Teus versos são de museu, são uma ladainha. Acho melhor aprender a versar de novo, pois sua incompetência ja está na boca do povo".


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •