Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na ação desencadeada na manhã desta sexta-feira pela Polícia Federal, quinta fase da Operação Maus Caminhos, que investiga a prática de crimes de corrupção passiva, lavagem de capitais e pertinência a organização criminosa, de acordo com fontes do Fato Amazônico entre os presos estão três irmãos do senador Omar Aziz, Amin, Mansur e Murad Aziz.

A ex-primeira-dama, Nejmi Aziz, também de acordo com a fonte foi presa e encaminhada a Superintendência da Polícia Federal, no Dom Pedro.

Os policiais federais cumpriram busca em apreensão em duas casas no Ephigênio Sales, uma delas seria a residência do senador Omar Aziz.

Na ação desencadeada pela PF foram cumpridos 9 mandados de prisão temporária, 15 mandados de busca e apreensão, 18 mandados de bloqueios de contas de pessoas físicas e jurídicas (aproximadamente 92,5 milhões de reais), 7 mandados de sequestro de bens móveis e imóveis, expedidos pela Justiça Federal, que, após parecer do Ministério Público Federal, deferiu representação do Delegado de Polícia Federal que preside a investigação.

Alvo da Operação Vertex, Omar não pode viajar para o exterior, nem visitar Nejmi e é intimado a depor na PF

 


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •