Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Pacientes com câncer de mama geralmente precisam seguir uma dieta diferente da que é considerada saudável para o restante da população. Eles precisam comer para manter a energia e superar os efeitos colaterais do tratamento.

Quando a saúde está boa, comer o bastante não costuma ser um problema. No entanto, diante de um câncer e do tratamento correspondente, isso pode ser um verdadeiro desafio. É por esse motivo que hoje explicaremos como deve ser a dieta de pacientes com câncer de mama.

O câncer de mama e a alimentação

O câncer de mama é um tipo de câncer que se forma nas células da mama. Após o câncer de pele, o câncer de mama é o tipo mais comum de câncer diagnosticado em mulheres nos Estados Unidos. O câncer de mama pode ocorrer em homens e mulheres, mas é muito mais comum em mulheres.

O apoio substancial à conscientização e financiamento para pesquisas ajudaram nos avanços no diagnóstico e tratamento do câncer de mama. As taxas de sobrevivência desta doença aumentaram e o número de mortes relacionadas está diminuindo constantemente.

Como deve ser a dieta de pacientes com câncer de mama?

Comer corretamente durante o tratamento do câncer de mama pode ajudar a:

  • Manter-se saudável
  • Manter a energia
  • Obter os nutrientes adequados
  • Evitar um ganho de peso inesperado

Enquanto você estiver fazendo quimioterapia, radioterapia ou ambas, siga estas dicas:

  • Beba ao menos 8 copos de bebidas sem calorias (ou seja, água, chá) ou com poucas calorias todos os dias. Não beber líquido suficiente pode causar tontura, náusea, constipação, fadiga e
    infecção do trato urinário.
  • Evite pular as refeições. Tente fazer pequenas refeições, espaçadas regularmente ao longo do dia.
  • Limite o consumo de álcool ou pare de beber completamente. Se você tiver alguma dúvida, converse com a sua equipe de médicos.

Em que proporção e o que comer?

O equilíbrio de alimentos no seu prato é importante quando você está tentando comer de forma saudável . Lembre-se da imagem do prato mostrado abaixo. Ela pode ajudá-lo a escolher o tamanho certo da porção para diferentes alimentos.

A proteína pode ser vegetal ou animal

A proteína vegetal é obtida a partir da quinoa, brotos, leguminosas, trigo, vegetais, entre outras fontes. A proteína animal é obtida de carnes brancas, como peixe, peru, frango e entre outros. Você pode consumir carne vermelha, mas apenas uma ou duas vezes por semana, devido ao alto teor de colesterol que ela possui.

Frutas e verduras de todas as cores são bem-vindas

Se os pacientes não estiverem em quimioterapia, podem consumir frutas e vegetais crus. No entanto, se eles estiverem realizando a quimioterapia e entraram em um estado de neutropenia (imunidade baixa), devem consumir apenas alimentos cozidos.

O que os pacientes com câncer de mama devem evitar na sua dieta?

Ouvir uma grande série de “não” pode ser desmotivador. Por esse motivo, recomendamos que você não pense nos “nãos”. Em vez disso, preste atenção nos motivos pelos quais você deve evitar esses alimentos.

  • Um paciente com câncer deve evitar enlatados, alimentos defumados e frituras. Os embutidos também não são uma opção porque contêm nitritos e nitratos, substâncias cancerígenas, conforme indicado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Os alimentos defumados, grelhados e batatas fritas contêm gorduras saturadas não saudáveis.
  • Recomenda-se que, no caso do câncer de mama, o consumo de soja e toranja seja restrito. Para um paciente com outro tipo de câncer, a soja pode ser benéfica pelas proteínas que possui. No entanto, para um paciente que está fazendo quimioterapia, esse alimento deve ser restrito, pois pode causar algum tipo de interação com o tratamento.
  • A toranja produz uma enzima que ajuda a eliminar os medicamentos do corpo e também gera interação com outras drogas usadas ​​na quimioterapia.
  • Se você estiver com as defesas baixas ou com neutropenia, é melhor evitar os probióticos. Eles são bons regeneradores, mas no caso de pacientes com imunidade baixa, podem causar o efeito oposto. Por exemplo: em vez de defender a flora intestinal, podem causar um tipo de infecção.

Por fim, além da dieta, a atividade física também é recomendada. Caminhadas leves, ioga e dança são atividades que ajudam a gerar endorfinas para os pacientes com câncer de mama. (Portal R7)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •