Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em uma nova ação realizada neste final de semana, a Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), interditou oito estabelecimentos de entretenimento em diferentes bairros da capital amazonense, entre as noites de sexta-feira (21/08) e domingo (23/08). Além de verificar a segurança dos locais, as fiscalizações apuram o descumprimento do decreto governamental com medidas para prevenção e combate ao novo coronavírus.

Dos oito estabelecimentos interditados, cinco eram bares e botecos que estavam funcionando apenas como bar sem licença sanitária. Em três deles, também havia aglomeração, colocando em risco a saúde das pessoas.

No bairro Flores, zona centro-sul, uma casa de festas foi autuada por descumprir as notificações anteriores do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) e Vigilância Sanitária municipal (Visa Manaus).

O proprietário e o gerente do Sensation Gastropub foram detidos pela CIF na noite do sábado, por desobediência e infração de medida sanitária preventiva. Os dois foram conduzidos à delegacia.

A ação aconteceu após o bar ter sido interditado, na noite da sexta-feira, em ação da CIF, mas o proprietário descumpriu a norma judicial. Durante a fiscalização, cinco estabelecimentos foram vistoriados e apenas um foi notificado por não possuir documentação sanitária.

A CIF tem atuado para fazer com que os locais que voltaram a funcionar, a partir dos ciclos determinados pelo Governo do Amazonas, cumpram o decreto governamental que prevê ações contra o avanço da Covid-19 no estado.

Participaram da CIF os órgãos do âmbito estadual, como a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Defesa Civil, e da Prefeitura de Manaus, como a Visa Manaus e a Casa Militar do Município.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •