Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O governador Omar Aziz informou, na manhã desta quarta-feira, 26, que o jogo de inauguração da Arena da Amazônia, marcado para o dia 9 de março, entre Nacional, do Amazonas, e Remo, do Pará, terá 13 mil ingressos à venda. A partida, que será o primeiro evento-teste em Manaus para a Copa do Mundo de 2014, terá público de 20 mil pessoas. Os outros sete mil serão destinados aos operários que trabalharam na obra da arena e seus familiares. Os ingressos custarão R$ 100 na área VIP e R$ 50 nos demais assentos.

“É mais do que justo que quem construiu seja o primeiro a assistir a um jogo na arena”, defendeu o governador, ao ressaltar que cada operário terá direito de levar um acompanhante. Parte da renda, ou seja, três mil dos 13 mil ingressos que serão colocados à venda, será revertida para instituições filantrópicas conveniadas com o Fundo de Promoção Social (FPS), que tem a primeira-dama do Estado, Nejmi Jomaa Aziz, como presidente de honra.

No total, serão arrecadados R$ 246 mil, que vão ser divididos entre as instituições. Omar Aziz disse que a doação foi um pedido de Nejmi. Os dez mil ingressos restantes irão para os dois clubes que jogarão a partida de volta das quartas-de-finais da Copa Verde, desses, 20% serão destinados para pessoas com direito a meia-entrada como estudantes e idosos.

Durante reunião, no final da manhã desta quarta-feira, na Arena da Amazônia, em que esteve também presente o vice-governador do Estado, José Melo, Omar Aziz discutiu os detalhes para a realização do jogo inaugural com o presidente da Federação Amazonense de Futebol (FAF), Dissica Valério Tomaz, representantes dos órgãos do sistema de Segurança Pública do Estado, Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP-Copa), Prefeitura de Manaus e Andrade Gutierrez, além do representante do Nacional.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •