Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Já temos a grade com todas as modalidades que estarão presentes nas próximas Olimpíadas. E algo que chama a atenção é que há quatro novos esportes que estarão presentes pela primeira vez nesta edição de Tóquio 2020. Vamos falar quais são eles no artigo a seguir.

Quais são os novos esportes para Tóquio 2020?

Todos os esportes presentes no Rio de Janeiro 2016 continuarão em Tóquio 2020. A luta – tanto livre quanto greco-romana – havia sido excluída, mas, finalmente foi decidido mantê-la, assim como o golfe e o rúgbi 7, os ‘novos’ olímpicos.

Em agosto de 2016, foi tomada a decisão de incluir cinco outras modalidades nos Jogos do Japão, enquanto o beisebol é um esporte que retorna após ter sido eliminado em Londres 2012 e no Rio 2016. Os quatro novos esportes que vão estrear em Tóquio são:

1. Karatê

Esta arte marcial tradicional das ilhas Ryukyu (atualmente Japão) data do século XVI. Com técnicas de luta nativas, caracteriza-se por não usar armas, mas sim golpes com os punhos, chutes, bloqueios e com a mão aberta (karatê significa justamente ‘mão vazia’).

A prática desse esporte, que vai estrear em Tóquio 2020, inclui certos rituais, tais como os cumprimentos e cortesias antes e depois do combate. A vestimenta dos karatecas é composta por uma jaqueta, calça e uma faixa ou obi.

2. Escalada esportiva

Esta atividade consiste em escalar paredes usando apenas a força física. A escalada é uma atividade derivada do alpinismo e que nasceu na Alemanha e na Inglaterra no século XIX. Com o passar do tempo, os níveis de dificuldade das provas foram aumentando. Nos anos sessenta, surgiram as paredes de escalada, cenários artificiais para praticar a escalada.

Durante os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, a escalada esportiva será realizada no Centro de Esportes Urbanos de Aomi. Haverá duas provas diferentes: masculina e feminina.

Os vencedores das medalhas serão determinados pela pontuação média de três modalidades: escalada boulder, velocidade e dificuldade ou lead climbing.

3. Skate

Trata-se de um esporte que consiste em deslizar sobre uma prancha com quatro rodas e fazer diferentes manobras, figuras e piruetas. As manobras se dividem em categorias: Ollie (básico), Nollie, Flatground ou flip tricks, lip, stall, skate street, grinds, old school, entre outras.

Nos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020, o skate será disputado no Centro de Esportes Urbanos de Aomi e serão disputadas quatro provas, duas masculinas e duas femininas. As modalidades serão street e park.

4. Surfe

O quarto novo esporte em Tóquio é aquático e consiste em fazer curvas e manobras em cima de uma prancha, aproveitando a força das ondas.

O surfe já existe há vários séculos, e os primeiros a ‘brincar’ no mar foram os habitantes da Polinésia. Quando o explorador James Cook chegou ao Havaí, ele conheceu o bodysurf – sem prancha – e o bodyboard.

Também existem vestígios desse esporte no norte do Peru, onde os nativos subiam em pedaços de madeira para deslizar entre as ondas. Certamente, as técnicas e os materiais foram mudando e, atualmente, existem três variantes, de acordo com o comprimento da prancha: intermediária, curta e longa.

Os movimentos no surfe são: bico de pato, drop, cair, pegar a onda, tubo, aéreo, cut back, hélice e snap, entre outros. As competições de surfe nos Jogos de Tóquio serão realizadas na praia de Tsurigasaki, localizada em Ichinomiya, a sudeste da cidade. Haverá uma prova masculina e uma feminina.

Por fim, não podemos deixar de fora outro esporte que retorna em Tóquio 2020: o beisebol, muito praticado nesta ilha. Outra modalidade semelhante é o softbol, que nesta edição participará apenas com a modalidade feminina.

As provas de ambas as modalidades vão ocorrer em dois locais: no Estádio de Yokohama e no Estádio de Beisebol Fukushima Azuma, com capacidade para 30.000 espectadores cada. As informações são de Soufitness.com.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •