Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Olá pais pets, tudo bem com vocês? O nosso assunto de hoje é sobre os benefícios para uma criança de ter um animal de estimação em casa, durante seu desenvolvimento. A chegada de um pet em casa pode trazer além de companheirismo e diversão. Existem mais vantagens de se ter um novo membro canino dentro de uma família.

Com a presença de um cachorro em casa, a vida de sua família vai ficar mais em movimento, já que os pets apreciam atividades e brincadeiras mais físicas e não lhes falta disposição, então, levando em conta que os hábitos das crianças da geração Alfa, nascidos após 2010, (que são os filhos da geração Y ou Millennials) são crianças que nascem em uma época de muita tecnologia e que passam muito tempo com o celular ou em frente a uma tela de monitor, logo, as brincadeiras como as “manjas” que consistiam em atividades onde correr era essencial em quase todas as brincadeiras, e que não deixavam de ser bons exercícios com os amigos sendo na rua, no parque ou no quintal, que eram comuns em gerações anteriores, hoje já não é algo tão comum.

A geração Alfa tem por característica passar muitas horas durante o dia com seus smartphones na mão e o sedentarismo acaba ficando, cada vez mais, frequente na rotina da criança. Com um parceiro pet, a criança e a família já praticariam, no mínimo, uma caminhada diariamente para poder levar o cachorro pra passear e assim evitando o sedentarismo e diminuindo a chance de obesidade na criança, fora as demais oportunidades de brincar com o pet no quintal, para que por meio da brincadeira e jogos com o pet, a criança comece uma vida cada vez mais ativa, sem que pareça algo que ela “tem que fazer” e, sim algo que ela se diverte, sem parecer uma obrigação.

Em uma pesquisa, feita na Universidade de Warwick, Grã-Bretanha, foi analisado as pessoas durante dois momentos diferentes, no primeiro eles saíram de casa com os cães e em outro momento sem. Quando elas estavam acompanhadas de seus cachorros crescia a regularidade com que interagiam com outras pessoas, um avanço para aquelas crianças que tem dificuldades em socializar.

O Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC) já publicou um estudo que falava que crianças que tem um cachorro em casa, são menos suscetíveis a terem um problema mental ou problema com ansiedade, logo ter um cachorro em casa pode trazer benefícios não só a saúde física, mais também a saúde mental.

Quer saber mais dicas e só acessar nosso instagram e ficar ligado @vemvetam 

Andressa Adrielly Alves Figueiredo
Médica Veterinária CRMV 0835-AM
Fundadora da empresa Vem Vet – Atendimento Veterinário Domiciliar @vemvetam 

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •