Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Após um comentário de Marília Mendonça considerado transfóbico pelo público em uma live com show, a cantora Pabllo Vittar fez uma crítica a este tipo de fala, mas não citou o nome da Rainha da Sofrência.

Em seu Twitter, Pabllo postou: “O ano é 2020 e ainda tem gente que acha engraçado fazer piada transfóbica!”.

Na transmissão, Marília conversava com os colegas de banda quando contou uma história sobre um dos músicos em uma boate destinada ao público LGBTQ+ de Goiânia. Logo em seguida, outro músico comenta: “Era mulher mesmo?”, causando ainda mais risadas.

“E aí não vou falar quem e nem vou falar o porquê, vou ficar calada. Quem lembra da boate Diesel, lembra da boate Diesel. Disse… que lá foi o lugar que ele beijou a mulher mais bonita da vida dele. É só isso. O contexto vocês não vão saber”, disse Marília, causando uma série de risadas nos colegas.

A tag “Marília Transfóbica” está entre os assuntos mais comentados do Twitter, com mais de 7 mil citações. Enquanto isso, a tag “Marília Mendonça” conta com mais de 51,6 mil tweets.

Após seu nome parar no trending topics do Twitter, a cantora usou sua conta para pedir desculpas aos fãs. “Pessoal, aceito que fui errada e que preciso melhorar. Mil perdões. De todo o coração. Aprenderei com meus erros. Não me justificarei”, afirmou Mendonça. (Metrópoles)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •