Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O corpo de Sara Manuele Silva (foto em destaque), a menina de 9 anos que estava desaparecida desde sábado (20/07/2019), foi encontrado na manhã de ontem (21/07/2019). Ele foi localizado no fundo de um vale do Jardim Abussaf, em Londrina, Paraná. De acordo com a Polícia Militar (PM), o padrasto confessou o crime e foi preso. As informações são do portal G1.

As evidências encontradas do local indicam que o homicídio pode ter sido cometido com violência e após abuso sexual: além de apresentar marcas no pescoço, Sara estava vestida apenas com uma blusa. O Instituto de Criminalística confirmou as lesões e, agora, investiga o que provocou a morte.

Ao registrar boletim de ocorrência neste sábado (20/07/2019), o padrasto contou à polícia que ele e a menina foram visitar uma pessoa por volta das 9h e voltaram para casa em uma hora depois. Segundo o suspeito, ao chegar, foi tomar banho e deixou a criança na sala, assistindo televisão. Depois disso, não teria mais visto a enteada.

Na manhã deste domingo (20/07/2019), ele mudou a versão e confessou o crime. O nome do homem não foi divulgado. Com auxílio de uma testemunha, que afirmou ter visto o padrasto e a enteada caminharem em direção ao local, o corpo da criança foi encontrado.

Reprodução/Internet
Sara tinha apenas 9 anos e estava desaparecida desde sábado (20/07/2019)

O Instituto de Criminalística confirmou as lesões e, agora, apura a causa da morte. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •