Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Gazeta Esportiva – Antes de ser derrotado pelo Santos, na Vila Belmiro, Mano Menezes ostentava a marca de ainda não ter perdido no comando do Palmeiras. Porém, após o revés de quarta-feira, o Verdão, que tinha uma sequência invicta de sete jogos, começa a se preocupar com o jejum de três partidas sem vencer. Para se reerguer no Campeonato Brasileiro, o elenco alviverde vai contar com o apoio do seu torcedor nos dois próximos compromissos, contra Botafogo e Chapecoense.

Abalado pela perda da segunda posição para o rival, o Palmeiras terá agora dois duelos como mandante, mas em estádios diferentes. Por conta de um show da dupla Sandy e Júnior, o Allianz Parque estará impossibilitado de receber o compromisso contra o Botafogo, neste sábado, às 21 horas (de Brasília). Com isso, o jogo está agendado para o estádio do Pacaembu.

Para o confronto previsto para a próxima quarta-feira, às 21 horas (de Brasília), válido pela 26ª rodada do Brasileirão, o Alviverde terá o Allianz à disposição para enfrentar a Chapecoense, lanterna do campeonato.

A missão da equipe nos dois jogos é retomar a sequência obtida no início da era Mano Menezes, que chegou ao clube sob muitos protestos da torcida, mas estreou com vitória de virada sobre o Goiás, algo que não havia acontecido na última passagem de Felipão.

A partir de então, o Palmeiras venceu os quatro adversários seguintes: Fluminense, Cruzeiro, Fortaleza e CSA. No entanto, o elenco não seguiu com o ímpeto dos cinco primeiros jogos e empatou contra o Internacional e Atlético-MG, ambos por 1 a 1. Em novo teste de fogo, o Verdão teve atuação muito abaixo do esperado e, pelo placar de 2 a 0, foi derrotado pela equipe de Jorge Sampaoli.

Atualmente, o Palmeiras tem os mesmo 47 pontos do Santos, que assumiu a segunda colocação da tabela. O líder é o Flamengo, com 55 pontos somados.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •