Além de São Paulo, Palmeiras, Corinthians e Santos, o RB Bragantino entra na disputa com investimento milionário e querendo incomodar
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

METRÓPOLES – O Campeonato Paulista 2020 começa nesta quarta (22/01/2020) com a promessa de ser uma das edições mais equilibradas dos últimos anos. Além dos quatro grandes, Palmeiras, Santos, São Paulo e Corinthians, o RB Bragantino, novo milionário do futebol brasileiro, promete incomodar.

Saiba mais sobre a disputa abaixo:

Regulamento
– O Paulistão começa em 22 de janeiro e termina em 26 de abril.
– São quatro grupos e, na primeira fase, os grupos jogam contra si. Os dois melhores de cada chave avançam às quartas de final. Os dois com menos pontos, independentemente do grupo, cairão para a Série A2. Os classificados entre a nova e a 14ª posição vão disputar o Troféu do Interior.

– As quartas de final começam 5 de abril e serão disputadas entre times da mesma chave. O primeiro colocado do Grupo A enfrenta o segundo, o primeiro do B, o segundo do grupo, etc.

– A partir das semifinais (previtas para 12 de abril), os confrontos serão definidos pela soma de pontos de todas as fases anteriores. O dono da melhor campanha duela contra o pior. O segundo melhor enfrenta o terceiro.

Grupos
Grupo A: Água Santa, Oeste, Ponte Preta e Santos
Grupo B: Botafogo, Novorizontino, Palmeiras e Santo André
Grupo C: Inter de Limeira, Ituano, Mirassol e São Paulo
Grupo D: Bragantino, Corinthians, Ferroviária e Guarani

Os favoritos
Santos
O time perdeu Jorge Sampaoli, mas manteve a base vice-campeã do Brasileirão, que contará com os reforços Raniel e Madson. O comandante será o técnico português Jesualdo Ferreira.

Time-base: Everson; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Marinho, Sasha e Soteldo.

São Paulo
O Tricolor Paulista não contratou, optando por manter os reforços de 2019 para a disputa do Estadual, campeonato que não vence desde 2005, e por dar continuidade ao trabalho iniciado por Fernando Diniz.

Time-base: Tiago Volpi; Juanfran, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes (Hernanes); Antony, Pablo e Vitor Bueno (Alexandre Pato).

Palmeiras
Com Vanderlei Luxemburgo de volta ao comando, o clube fez uma limpa nos jogadores que não estavam mais nos planos e começou um projeto de apostar em atletas da base, como o atacante Gabriel Veron e os volantes Patrick de Paula e Gabriel Menino.

Time-base: Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Bruno Henrique, Patrick de Paula (Gabriel Menino) e Lucas Lima; Dudu, Raphael Veiga e Luiz Adriano.

Corinthians
O maior vencedor do Paulistão inicia 2020 com muitas novidades. Além do técnico Tiago Nunes, quatro contratações foram feitas: Luan, Sidcley, Victor Cantillo e Davó. Júnior Urso (Orlando City), Clayson (Bahia), Sornoza (LDU), Renê Júnior (Coritiba) e Matheus Jesus (Bragantino), foram vendidos.

Time-base: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Gil e Sidcley (Lucas Piton); Camacho e Victor Cantillo; Pedrinho, Luan e Janderson; Boselli.

Azarão
RB Bragantino
Em parceria com a gigante Red Bull, o Bragantino vem para a temporada 2020 com mais de R$ 50 milhões em reforços. O clube contratou Alerrandro (Atlético-MG), Artur (Palmeiras), Thonny Anderson (Grêmio), Leo Realpe (Independiente del Valle), Matheus Jesus (Corinthians) e Luan Cândido (RB Leipzig). E os reforços não devem parar por aí.

Time-base: Julio Cesar; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Edimar (Luan Cândido); Barreto (Matheus Jesus), Uillian Correia e Claudinho; Tubarão (Thonny Anderson), Artur e Ytalo (Alerrandro). Técnico: Vinicius Munhoz (interino).

Maiores campeões
Corinthians – 30 títulos
Palmeiras e Santos – 22 títulos
São Paulo – 21 títulos
Portuguesa – 3 títulos
Ituano – 2 títulos


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •