Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O pedreiro Eduardo Fonseca Fernandes, de 42 anos, foi morto a tiros no fim da manhã desta quinta-feira (26). O crime ocorreu na rua Plácida, comunidade Campos Sales, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus. As informações são de A Crítica.

A vítima teria saído após o almoço sem informar para a sua esposa o local para onde iria. Na rua Plácida, que fica próxima a residência do casal, a esposa de Eduardo ouviu vários tiros e, ao se dirigir ao local, encontrou o seu esposo já morto.

Conforme informações de testemunhas, a vítima andava pela rua quando um carro vermelho se aproximou, com pelo menos dois homens. Sem sair do carro eles atiraram na vítima.  Eduardo morreu antes da chegada do socorro, atingindo com um tiro na cabeça e outro no ombro.

Segundo a esposa de Eduardo, os dois tinham um relacionamento de três anos entre idas e vindas e nos últimos dias seu marido estava agindo de forma estranha. Ao ser questionado por ela sobre esse comportamento, ele teria se recusado a falar.

A esposa da vítima relatou ainda que ele seria usuário de drogas, mas não informou se ele era ameaçado por alguém. O Instituto Médico Legal (IML) fez a remoção do corpo e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o caso.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •