Foto: Emerson Martins
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

No último sábado (1º/08), em Tefé (distante 523 quilômetros de Manaus), o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), lançou três editais de chamamento público voltados aos pescadores ornamentais e artesanais da região, como forma de fomentar a economia do município e fortalecer as atividades afetadas pela pandemia de Covid-19.

No evento, também foi anunciada a segunda etapa da campanha “Amazonas Sem Febre Aftosa” e realizado o cadastramento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) 2020/2021.

O secretário titular da Sepror, Petrucio Magalhães Júnior, relatou que os editais vão apoiar o pescador e ajudá-los a fomentar a atividade.

“É o setor primário mudando a realidade do interior do estado. Aqui nós estamos fomentando a pesca artesanal. São editais públicos para apoiar o pescador a melhorar o seu trabalho. Aqui também está sendo realizada a emenda parlamentar para compra de equipamentos, que vai ajudar o pescador. Além disso, o Governo do Estado está comprando R$ 100 mil de peixe aqui do município de Tefé para serem doados a pessoas carentes. Nesse momento de coronavírus, é superimportante que não falte alimento na mesa do cidadão”, esclareceu Petrucio.

Apoio à pesca artesanal – Com valor de R$ 350 mil em investimentos, o Edital de Apoio à Pesca Artesanal vai adquirir 1.763 kits, beneficiando 1.763 pescadores nos 62 municípios do estado do Amazonas. Cada kit é composto por: caixa isotérmica de isopor de 170 litros; facão de 54 cm; lanterna LED de mão a pilha; chapéu de palha trançada com aba; e garrafa térmica de 1,8 litros.

Foto: Emerson Martins

Aquisição de pescado – Com investimento de R$ 300 mil, o edital para aquisição de 81 toneladas de pescado, provenientes de pescadores artesanais, tem o objetivo de garantir a comercialização e uma renda para esses produtores, além de alimentar a população em vulnerabilidade social.

Serão disponibilizados recursos de R$ 200 mil para aquisição de pescado proveniente da pesca artesanal, e de R$ 100 mil para compra proveniente do pescador artesanal indígena. A aquisição do pescado beneficiará 600 pescadores, e o produto adquirido será entregue a aproximadamente 8 mil famílias em situação de vulnerabilidade social, em 10 municípios do estado do Amazonas.

Pesca ornamental – Por meio do Edital Pesca Ornamental, serão adquiridos 67 kits de material de apoio à pesca ornamental, sendo cada kit no valor de R$ 1.360, totalizando um investimento de R$ 91 mil, que serão entregues para as organizações sociais do setor. A ação beneficiará diretamente 67 piabeiros e suas famílias, com foco nos municípios do Amazonas.

Cada kit contém: caixa branca de 40 litros; lanterna de cabeça 12 LEDs; lanterna 1500 velas holofote tocha cilibrim foco de mão 12v;  bateria 60 amp; tela mosquiteira nylon verde 1 x 50 metros (rapiché); facão de mato de 16 polegadas; faca inox peixeira reforçada com cabo madeira 6 polegadas; lona cobertura carreteiro 3 x 4 metros; chapéu de palha aba grande 15cm; bota sete léguas; e par de luva de pano tricotada algodão pigmentada.

A produtora Maria de Jesus, uma das contempladas com as ações de crédito que aconteceram em Tefé, informou que o valor adquirido vai ajudá-la a investir na sua produção. “Há muito tempo eu espero por esse dinheiro para melhorar a minha vida e a da minha família”, esclareceu,

Febre aftosa e novos servidores – No município de Tefé, a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) fez o anúncio do início da segunda etapa da campanha “Amazonas sem Febre Aftosa”. Nessa etapa, serão vacinados os animais com idades até 24 meses.

A campanha ocorrerá em 41 municípios pertencentes às calhas dos rios Amazonas e Solimões.

O diretor-presidente da Adaf, Alexandre Henrique, também fez a apresentação dos novos servidores da agência, que foram aprovados no último concurso. “A equipe de Tefé está sendo reforçada com dois médicos veterinários, um técnico em agropecuária, com o objetivo de ampliar o atendimento ao produtor do município”, completou Alexandre.

Programa de Aquisição de Alimentos – Durante a semana, foi realizado o cadastramento dos piscicultores, pescadores artesanais, pescadores manejadores e agricultores familiares de Tefé, que participarão do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA/Sepror) 2020/2021. O chamamento público visa a aquisição de peixe da pesca artesanal, de pirarucu de manejo, da piscicultura e produtos da agricultura familiar, que serão destinados à rede socioassistencial do município.

O cadastramento continuará até o dia 13 de agosto. Para ter acesso ao programa, basta acessar o site da Sepror, no endereço www.sepror.am.gov.br, ou procurar o Idam mais próximo de seu município para realizar o cadastramento.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •