Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Polícia Federal (PF) cumpriu um mandado de busca e apreensão na residência de um engenheiro aposentado. O homem é acusado de armazenar e difundir pornografia infantil pela rede mundial de computadores. A operação ocorreu na manhã desta quarta-feira (03/10) no bairro de Botafogo (RJ). As informações são de Metrópoles.

Solteiro e sem filhos, o acusado morava ao lado de uma escola infantil e foi encontrado com grande quantidade de arquivos de cenas de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, segundo a PF. Ele disponibilizava e transmitia inúmeros desses arquivos, motivo pelo qual foi preso em flagrante.

Na residência também foram encontrados dois tripés e diversas câmeras fotográficas. Além disso, foi apreendido ainda filmadoras, binóculos, oito HD’s externos, três computadores desktop, um notebook, diversos pendrives, quatro aparelhos de telefone celular e diversas roupas infantis.

Todo material apreendido será encaminhado para a perícia, que analisará ainda se há produção de material. O crime para quem armazena material de pornografia infantil prevê pena de 1 a 4 anos e para quem compartilha, a pena é de 3 a 6 anos de prisão.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •