Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Polícia Federal prendeu na manhã desta quinta-feira (9) o ex-senador Luiz Otávio Campos, do Pará, na “Operação Fora da Caixa”, desdobramento da Lava Jato que investiga a suspeito de caixa 2 na campanha de 2014 do atual governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), em 2014.

De acordo com as investigações a Odebrecht teria pago cerca de R$ 1,5 milhão de reais para a campanha do governador que não é em alvo da ação dos federais.

Ainda de acordo com as investigações, o ex-senador é suspeito de intermediar o repasse da Odebrecht para a campanha de Helder Barbalho, em 2014.

Além do ex-senador , a PF cumpriu outro mandado de prisão temporária em Tocantins contra um empresário suspeito de envolvimento nos desvios. Também foram expedidos mandados de busca e apreensão no Pará, Brasília e Tocantins.

A investigação teve início no Supremo Tribunal Federal (STF), mas foi desmembrada para a Justiça Eleitoral do Pará na parte específica sobre o caixa dois da campanha do governador do Pará. Os mandados foram autorizados pela 1ª Vara da Justiça Eleitoral de Belém.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •