Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Polícia Federal (PF) prendeu na manhã desta terça-feira (12/05) cinco pessoas, entre elas um vereador, acusadas de desviar dinheiro público da Educação destinado à cidade de União (PI).

Os criminosos são investigados por corrupção, peculado e fraudes licitatórias. Além do vereador, são suspeitos de participar do esquema empresários e agentes públicos municipais.

O inquérito policial foi instaurado a partir de notícias da apreensão, pela Polícia Militar, de R$ 379 mil em espécie, em 1º de maio deste ano.

O montante estava em um veículo alugado pela Prefeitura de União, em posse de dois funcionários municipais, que não esclareceram a origem dos valores.

De acordo com a PF, a Secretaria de Educação de União teria adquirido livros escolares em quantidade maior do que o número de alunos do município.

O valor foi retirado do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Análises da Controladoria-Geral da União (CGU), que também participou da operação, apontam que os contratos superfaturados gerou prejuízo de, no mínimo, R$ 500 mil no Fundeb. (Metrópoles)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •