Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Realizado pela Escola Estadual Professor Samuel Benchimol, na zona norte de Manaus, o projeto “Planeta Leitura” teve seu ponto alto na última sexta-feira (04/10). Promovida pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc-AM), a ação tem como foco o desenvolvimento de leitores para melhoria na qualidade de vida futura. Ao todo, cerca de 210 alunos das 1ª e 2ª séries do Ensino Fundamental integram a iniciativa, que ocorre na unidade de ensino há pelo menos dois meses.

De acordo com a gestora da escola, Sarah Arruda, o projeto é focado em dois pilares: leitura e interpretação de textos. “O bom, pelo que percebi, é que deu uma ‘levantada’ nessas turmas. Apesar de pequenos, notei um aumento considerável no interesse e no desenvolvimento dos estudantes”, afirmou a gestora.

Com o “Planeta Leitura”, Sarah observou uma melhora na sociabilidade dos alunos. “Teve estudante que avançou bastante, que começou a pegar os livros, participar das rodas de conversa e se aproximou dos colegas. Toda a equipe [professores] se empenhou muito, foi uma experiência formidável”, acrescentou Sarah Arruda.

Além da leitura de obras clássicas, a ação conta, também, com outras atividades, como rodas de conversa, jogos e dramatização. Desde que foi iniciado, o projeto já trabalhou os livros “O passarinho Rafa”, “A gata borralheira”, “O cravo e a rosa” e “O menino maluquinho”, dentre outros títulos.

Segundo a professora Vânia Grana, uma das oito educadoras da EE Professor Samuel Benchimol que conduzem o “Planeta Leitura”, a implementação da iniciativa teve um ‘gostinho’ especial para a unidade de ensino. “A nossa escola está começando a atender o ciclo [Ensino Fundamental 1] agora, por isso não tínhamos livros para essas séries. Quando chegaram as maletas com as obras, foi aquela festa! Esse projeto foi um presente para a gente”, completou a professora.

Ela reforça, ainda, que a iniciativa proporcionou aos alunos e professores a oportunidade de sair um pouco da sala de aula. “Nós ficávamos um pouco presos e, agora, podemos utilizar os outros espaços da nossa unidade para trabalhar as obras do ‘Planeta Leitura’”, finalizou Vânia Grana.

Sobre o projeto – Lançado em julho deste ano pela Seduc-AM, o “Planeta Leitura” é composto por duas frentes: a criação de um acervo para as escolas participantes e a promoção e formação de mediadores de situações didáticas de leitura na escola. A qualificação é realizada por meio de cursos online, oficinas presenciais e o suporte impresso “Guia de orientações didáticas para o professor”.

Em formato impresso, a coleção educacional Planeta Leitura está organizada em maletas, por ano de escolaridade (1ª e 2ª séries do Ensino Fundamental), com o objetivo de possibilitar o acesso aos livros e a vivência de situações significativas de leitura.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •