Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A unanimidade de votos o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas devolveu nesta quarta-feira (31) os direitos políticos do ex-deputado estadual Platiny Soares. O ex-parlamentar  foi absolvido da acusação de abuso de poder político na eleição de 2014.

Em fevereiro deste ano, o TRE-AM condenou, por maioria de votos, ex-governador do Amazonas José Melo, o ex-vice-governador Henrique Oliveira, o ex-deputado Platiny Soares e os coronéis da Polícia Militar Aroldo Ribeiro e Eliézio Almeida a oito anos de inelegibilidade pela prática de abuso de poder, cometida nas eleições de 2014, em ação de investigação judicial eleitoral (Aije) ajuizada pela Procuradoria Regional Eleitoral no Amazonas (PRE/AM).

Em seu recurso, Platiny disse que todos foram acusados de abuso, mas ele na época, não ocupava nenhum cargo de gestão na Polícia Militar e nenhum estrategicamente que pudesse abusar do poder político, afirmou que era apenas soldado, sem nenhum poder de comando.

O ex-parlamentar disse ainda em sua defesa que o apoio de membros da Polícia Militar, na em 2014, ocorreu de forma voluntária.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •